Hamster Roborovski

Hamster Roborovski

Características físicas

Apesar de terem um nome relativamente estranho (roborovski), estes hamsters não são nada estranhos para nós. Brincalhões, é quase impossível resistirmos ao seu encanto. São uma das opções mais populares como hamsters de estimação.

Uma das características que mais encanta os donos destes hamsters é o seu tamanho bastante reduzido, batendo até o hamster chinês. É que o seu tamanho pode chegar até aos 5 cm de máximo, o que realmente é mesmo muito reduzido.

Comparando esta espécie com outras variedades anões, existem diversas características realmente semelhantes, mas não partilha do pêlo às riscas comum nos hamsters anões em geral.

A esperança média de vida deste hamster pode atingir até os 3 anos e meio, sendo que a média é de 2 anos. Como vemos, não é o seu pequeno tamanho que o faz viver menos tempo que os outros hamsters.

Características psicológicas

A sua característica de maior destaque é a mesma que a dos gatos: a curiosidade! Ao contrário de muitos hamsters que passam o dia inteiro a esconderem-se de qualquer barulho ou sombra que vejam, este hamster é tão corajoso (ou curioso) que tem de saber a fonte de tudo.

Mas a curiosidade não quer dizer que não demonstre algum medo ao mesmo tempo, o que é bastante comum nos hamsters em geral. Apesar de se mostrar mais por ser curioso, assim que estiver satisfeito poderá esconder-se como qualquer outro.

Por norma é uma espécie bastante dócil. Se for bem domesticado e bem tratado, até se tornará um hamster muito sociável. Mas a falta de cuidados poderá fazer com que desenvolva comportamentos mais agressivos.

Alimentação

A base da sua dieta gira em torno da ração para hamsters anões que pode ser encontrada em qualquer loja de animais. Outros alimentos como sementes como também alguns vegetais podem ser administrados.

Há alguns alimentos que devem ser completamente evitados, como é o caso de chocolates e outros alimentos mais que em geral fazem muito mal aos nossos hamsters.

Reprodução

É fácil impulsionar a reprodução desta espécie pois é uma necessidade natural. Após uma gestação de três a quatro semanas, nascem as crias cegas e sem quaisquer pêlos no corpo. Nascem tão pequenos que muitas pessoas acharão estranho o tamanho tão reduzido.

Só após pouco mais de uma semana é que já começam a andar mas ainda cegos. A fêmea tem uma árdua tarefa nesta altura pois tem de ir buscar as crias constantemente de volta para o seu ninho.

Só duas semanas após o nascimento é que começam a abrir os olhos. Na quarta semana acontece o desmame e já se tornarão hamsters independentes, sem inclusive a necessidade de estarem com a mãe.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Hamsters:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook