Hamster chinês

Hamster chinês

Características físicas

O hamster chinês, tal como o nome indica, é originário da China, mais concretamente da zona norte do país. No entanto não está restrito a este país, já que também pode ser encontrado na zona Sul da Mongólia. O seu pêlo ajuda a protegê-lo do frio que lá faz.

Podem atingir até 8 cm de comprimento e pode viver entre os 2 e os 3 anos, a média comum entre as raças de hamsters. É uma raça que se reproduz com alguma facilidade, conseguindo até 8 crias de 6 em 6 meses, o que ajuda bastante já que a procura é grande, tal como a oferta, sendo por norma animais baratos para se comprar.

Voltando às características físicas do hamster chinês, este hamster dispõe de uma cauda mais longa do que o habitual nos hamsters. Os hamsters chineses quando adulto são por norma relativamente longos, mas não magros. Dispõem de um pêlo curto mas suave.

Em relação a esta raça é fácil de distinguir um macho de uma fêmea através de dois detalhes: por norma os machos são muito maiores do que as fêmeas, além disso os machos possuem testículos bastante visíveis.

Características psicológicas

Por norma esta raça de hamsters é relativamente calma. Dizemos isto pois apesar da fama de serem hamsters muito calmos, há exemplares que podem ser um pouco mais nervosos que outros e mostrarem comportamentos agressivos para se protegerem.

É um pouco assustadiço como já dissemos, e usa a sua grande rapidez para conseguir fugir de qualquer perigo que possa pressentir. No início vai ser perfeitamente normal ele se esconder sempre que nos aproximamos, mas com o tempo vai-se habituar a nós.

Alojamento

É preciso ter algum cuidado especial no que toca na escolha da gaiola certa. Estes hamsters são por norma mais delgados que o habitual, o que faz que seja perigoso colocá-los em certas gaiolas de arame já que podem fugir por entre esses mesmos arames.

Uma forma de combater esse problema é optar por outro tipo de gaiolas, ou até mesmo adaptar um aquário já que estes não possuem forma por onde o hamster possa fugir.

É importante ter também algum cuidado no que toca aos acessórios, em especial em relação à roda de exercício, pois há rodas que dispõem de intervalos que são grandes o suficiente para o hamster enfiar uma pata e magoar-se, portanto muita atenção na escolha da roda certa.

Podem ser mantidos em pares ao contrário do que acontece com a grande maioria dos hamsters, mas se tratar-se de um casal (macho e fêmea), tornar-se-á mais difícil ao longo do tempo mantê-los juntos.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Hamsters:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook